Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Esta tarde vi o Capitão América por insistência do Frederico, o meu "marido" (prefiro marido com aspas ao termo companheiro e namorado não me parece apropriado uma vez que vivemos juntos há mais de seis anos). Apesar de me fazer de difícil confesso que geralmente acabo por gostar deste tipo de filmes. São filmes de entretenimento e cumprem bem a sua função. Fiquei com a habitual sensação de que se exagerou nas cenas de pancadaria e explosões, mas pronto. Ao lado do protagonista, o actor Chris Evans, surge a sensual Scarlett Johansson. Que dupla! Não sei de qual dos dois me foi mais difícil tirar os olhos. 

 

O que me chateou?

 

É sempre a mesma história. A bela da Scarlett Johansson aparece no papel de uma bonita, inteligente e ágil agente secreta. No entanto, o filme está cheio de clichés. A mulher independente e sedutora depressa passa a criatura indefesa a precisar de auxílio. Chateia-me, pronto! Bem sei que começam a aparecer alguns filmes e séries com mulheres no papel de protagonistas, mas são poucos. São a excepção.

 

Vejam a este propósito a notícia do Público sobre um estudo que revela que apenas 15% dos filmes mais vistos em 2014 tiveram mulheres protagonistas.

 Capitão América

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sobre mim

06.05.14

 

foto blog.jpg

 

Passei grande parte dos últimos anos a estudar. Durante a licenciatura vivi em Braga e passei pelo Brasil a propósito de um intercâmbio escolar (uma espécie de Erasmus intercontinental). Em Dezembro de 2013 defendi a minha tese de doutoramento em sociologia no ISCTE-IUL. A tese dedica-se ao estudo das masculinidades nas sociedades ocidentais contemporâneas. 

 

Os interesses pessoais são muitos, começando desde logo pelo recém-criado blog Super Mulher.

 

Para além do blog, tenho colaborado com o Público Life&Style, onde podem ler as minhas crónicas sobre questões de género. Recentemente publiquei o meu primeiro livro Super Homem ou Algo do Género, disponível para venda numa livraria perto de si, lojas Continente, ou online em Livros Horizonte, BERTRANDWOOK e FNAC.

 

Quando posso viajo. Janto com amigos. Visito a família que vive em Bragança, cidade onde nasci e vivi até aos 18 anos.

 

Tenho o privilégio de viver em Lisboa, cidade pela qual estou perdidamente apaixonada.  

Autoria e outros dados (tags, etc)


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Agosto 2017

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031