Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

Para além do corpo, o que faz de mim uma mulher? O que faria de mim um homem? Aqui estão duas questões para as quais não encontro resposta fácil.

 

Quando penso em mim, nas minhas atitudes, nos meus gostos, nas minhas ambições, nos meus hobbies, nas decisões que tenho tomado, na minha vida em geral, ocorre-me que nada me diferencia de muitos homens que conheço.

 

Deparo-me frequentemente com situações em que me identifico mais com os homens do que com as mulheres, mas o contrário também me acontece. Há coisas no universo feminino que não me atraem, tanto ou mais do que aquelas que encontro no imaginário masculino. Gosto tão pouco de futebol como de novelas, para usar dois clichés. Sinto-me igualmente desconfortável numa clínica de estética, rodeada de revistas cor-de-rosa e conversas sobre celulite, como num estádio de futebol ensurdecida pelos gritos de vitória.

 

A menstruação e o facto de poder gerar uma criança no meu ventre são as únicas coisas que realmente me fazem sentir diferente de um homem. A primeira é um aborrecimento e vem acompanhada de oscilações hormonais de consequências imprevisíveis. A segunda é uma espécie de milagre que não me importaria de protagonizar em alternância com o pai das crianças.

 

Se tenho um sexto sentido, daqueles que só as mulheres têm, nunca dei por ele. Na minha opinião é mito. De resto, não me sinto especial por ser mulher. Sinto-me especial por estar viva.

 

No meio desta dicotomia homem/mulher por vezes não é fácil descobrir um lugar confortável. Talvez não devêssemos esforçar-nos tanto para o encontrar.

 

* Publicado em Maria Capaz

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.08.2015 às 22:43

Sexo = homem ou mlher, varia consoante diferenças biológicas e físicas
Género = construção e identidade sociais.

Em relação ao género, nada nos limita nem define o que é ser um ou outro!

Excelente texto ;)
Sem imagem de perfil

De Claudia Dias a 20.08.2015 às 22:45

Sexo = homem ou mlher, varia consoante diferenças biológicas e físicas
Género = construção e identidade sociais.

Em relação ao género, nada nos limita nem define o que é ser um ou outro!

Excelente texto ;)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.04.2016 às 01:44

A verdadeira feminista compreende e celebra a menstruação.
Uma sugestão de leitura: Corpo de mulher, sabedoria de mulher.

Comentar post



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Agosto 2015

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031